Você já ouviu falar sobre Portaria 3523/98, RE9, RE176, e PMOC?

NÃO?! Então saiba que são ações do Ministério da Saúde em conjunto com o Ministério do Trabalho e Emprego para garantir a Qualidade do Ar em ambientes fechados.

Síndrome do Edifício Doente - SED -

Síndrome do Edifício Doente - SED -

Essa preocupação não é à toa. A falta da observância a elas, bem como a manutenção inadequada dos sistemas de ar condicionado e dutos pode levar as empresas (industriais e comerciais), hospitais, clínicas, consultórios, centro médicos, ambulatórios, laboratórios, ambulâncias, transportes terrestres, aéreos e marítimos a terem um prejuízo considerável com multas acima de R$ 200.000,00, além de serem processadas por indenizações por não cumprirem a legislação vigente frente aos empregados, pacientes e visitantes.

São elas:
• RE 9 de 16 de janeiro de 2003;
• RE 176 de 24 de outubro de 2000;
• Portaria 3.523/98 de 28 de agosto de 1998; que também instituiu a PMOC;
• PMOC – Programa de Manutenção, Operação e Controle.

O PMOC estipula como devem ser feitas as inspeções e correções técnicas em cada ponto do sistema de ar condicionado, o número de ocupantes máximo de cada ambiente refrigerado, a carga térmica do equipamento e o tipo de atividade desenvolvida no local. O Programa de Manutenção , operação e Controle é o ponto inicial para uma boa qualidade do ar dentro dos ambientes.

Análises microbiológicas dos ambientes devem ser feitas a cada 6 meses por empresa especializada independente da empresa em questão e também daquela que faz a higienização e limpeza do sistema. Após análise deve ser emitida Anotação de Responsabilidade Técnica por um profissional habilitado e qualificado de acordo com a legislação vigente e não pertencente ao quadro de funcionários da empresa. Estes dados devem constar dos prontuários dos empregados e do Perfil Profissográfico Previdenciário (PPP, antigo SB-40) para fins de aposentadoria.

Para salientar o risco que a população corre, caso do ministro Sérgio Motta do governo FHC que faleceu de infecção causada pela bactéria Legionella proveniente do sistema de ar condicionado de manutenção inadequada, que lhe causou uma pneumonia gravíssima. Existem outros inúmeros casos não tão famosos.

Ambientes fechados, conforme estudos, são até 10 vezes mais poluídos que o ar externo, podendo chegar até 100 vezes. A Tecnologia UV-C é muito tempo utilizada fora do Brasil e auxilia sobremaneira na redução dos níveis de micro-organismos, VOCs e THMs presentes nos ambientes.

Tecnologia Verde
A Tecnologia UV-C é uma importante arma para o combate e prevenção contra os micro-organismos em ambientes fechados e principlamente contra bioterrorismo sendo recomendado fortemente pela FEMA (Federal Emergency Management Agency), CDC (Centers for Disease Control and Prevention), ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineers) e IUVA (International Ultraviolet Association)

Tecnologia UV-C é ecologicamente correta e sustentável sem uso de produtos químicos e tóxicos. Maiores informações no site:

http://www.xgerms.com.br

Leia outras reportagens sobre Tecnologia UV-C no blog
http://www.xgerms.wordpress.com

Esse post foi publicado em ambientes fechados, cloro, cloto, desinfecção, doenças, esterilização, flúor, Infecções hospitalares, pneumonia, Profissionais da Saúde, TB, tecnologia, tuberculose, ultravioleta, Uncategorized, UV-C, UVGI. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s