ALERTA – Quartos de Hotéis tem as superfícies mais contaminadas

Estudos realizados por pesquisadores da Universidade de Houston (EUA) e apresentaram na Assembléia Geral da Sociedade Americana de Microbiologia; confirmaram as superfícies de quartos de hospedagem (mobiliários e equipamentos elétro-eletrônicos e, em especial atenção os controles remotos, interruptores de luz, secadores de cabelos e telefones) estão fortemente contaminados com bactérias que podem causar sérias doenças nos hospedes. A pesquisa também se estendeu a entrada, recepção, elevadores, corredores, banheiros e constatou-se que estes ambientes também continham bactérias nocivas a saúde humana; desde bactérias aeróbias, contaminação coliformes fecais, ácaros,percevejos (Bed Bug) e vírus nos vasos sanitários que causam micoses. Ainda, a Legionella vírus responsável pela pneumonia e vírus da Tuberculose (TB) no sistema de ar condicionado.

“Hoteleiros têm a obrigação de fornecer aos seus clientes um ambiente seguro. As práticas de manutenção variam entre os hotéis e não existe nenhuma de padronização de verificação pela Vigilância Sanitária. O método utilizado é a avaliação visual; que é ineficaz em termos de medição dos níveis de saneamento. O público está cada vez mais preocupado com a saúde pública, os hoteleiros devem levar isto em consideração e oferece serviços de qualidade aos consumidores. Atualmente, pessoas responsaveis limpam de 16 a 18 quartos por turno de oito horas, gastando aproximadamente 20 minutos em cada quarto incluindo o banheiro; como então diz que o ambiente ao hospede está adequado?”, diz Katie Kirsch, da Universidade de Houston.

No Brasil; infelizmente a metodologia não é muito diferente.

O contacto com superfícies contaminadas é um possível modo de transmissão da doença durante surtos em hotéis. Isto, combinado com a falta de padronização do hotel limpeza do quarto, representa um risco para os hóspedes do hotel, indivíduos imunocomprometidos, especificamente, que são mais suscetíveis à infecção.

Mais preocupante, foram encontrados os mais altos níveis de contaminação nos carrinhos de limpeza e seus utensílios incluindo esponjas e esfregões, que representem um risco para a contaminação cruzada de quartos pois, os mesmos são utilizados nos diversos quartos.

Tecnologia Verde
A Tecnologia UV-C é uma importante arma para o combate e prevenção contra os micro-organismos em ambientes fechados e principlamente contra bioterrorismo recomendado fortemente pela FEMA (Federal Emergency Management Agency), CDC (Centers for Disease Control and Prevention), ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineers) e IUVA (International Ultraviolet Association)

Para desinfecção de ambientes recomendamos o uso do produto: UV-C Mobile Sterilizer
detalhes no: http://www.xgerms.com.br/produtos/UV-C%20Mobile%20Sterilizer.pdf

Tecnologia UV-C é ecologicamente correta e sustentável sem uso de produtos químicos e tóxicos. Maiores informações no site:

Anúncios
Esse post foi publicado em acidez, alcalina, ambientes fechados, água, água alcalina, câncer, cloro, cloto, doenças, esterilização, flúor, hiper-bactérias, hiperbacterias, Infecções hospitalares, pH, pneumonia, Profissionais da Saúde, sangue, super-bactérias, superbactérias, TB, tecnologia, Tecnologia Verde, tuberculose, ultravioleta, Uncategorized, UV-C, UVGI e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s