Médicos e nutricionistas têm um lamentável treinamento sobre nutrição

Alimentação adequada, cozinha saudável e nutritiva são muito importantes para a boa saúde e afastar doenças; também, desempenham papel central na cura de doenças de todos os tipos, incluindo doença cardíaca, diabetes e câncer – as três principais doenças que causam mortes.

Cozinhar os alimentos em agua clorada e fluoretada além de destruir os nutrientes produz por solução aquosa o acido cloridico e fluorídico e no nosso organismo mata a nossa flora intestinal e outras bactérias responsáveis pela nossa saúde. Ainda, destroem o oxigênio contido nos alimentos. Autoridades de Saúde sabem disto só que não divulgam. E, o mais chocante o seu médico e demais que recorrem para aconselhamento sobre dieta e nutrição; acabam informando mal devido eles receberam pouco ou nenhum treinamento sobre estes assuntos em escolas médicas.

“Isto é nos Estados Unidos como será no Brasil?”

Lamentável formação sobre nutrição dos Profissionais da Sáude

Você já apenas perguntou ao seu médico quantas horas de formação ele recebeu na faculdade de medicina sobre alimentação e nutrição; e, eles responderam honestamente, muitos deles lhe diriam nenhum; outros dirão que receberam não mais do que um par de horas de formação.

Em meados de 1980, um relatório da Academia Nacional de Ciências destacou a falta de educação nutricional adequada nas escolas médicas e os autores do relatório recomendaram um mínimo de 25 horas de instrução de nutrição. Depois de duas décadas e meia, um estudo de 2010 dos pesquisadores da University of North Carolina em Chapel Hill, descobriu que a grande maioria das escolas médicas ainda não cumprem o mínimo recomendado de 25 horas de instrução. Os pesquisadores da Carolina do Norte encontraram apenas cerca de um quarto de 100 escolas pesquisadas ofereciam as 25 horas recomendados de instrução. Além disso, quatro escolas ofereciam opcionalmente. Apenas uma das quarto escolas tinham até mesmo curso dedicado à nutrição.

“A nutrição é realmente um componente essencial na prática da medicina moderna”, disse Kelly M. Adams, autor e nutricionista que é um associado da pesquisa no departamento de nutrição da universidade.

De acordo com Marcelle Pick: “A maioria das escolas médicas tendem a subestimar a importância da nutrição em geral; inclusive, os médicos que exercitam no seu dia-a-dia. Não é de admirar. As maiorias dos médicos recebem treinamento de algumas horas apenas para cumprir a carga horária da faculdade, e é impressionamente que consideram que o seu diploma resolve tudo. Sua prática é baseada em rastreio da doença, e não de prevenção, com ênfase em terapias medicamentosas, não nutrição”.

“Que teu alimento seja teu remédio, que teu remédio seja teu alimento.” Hipócrates – Grécia: 460 a 359 Antes de Cristo.

Dr. Translado acrescentou que: “estes médicos pensam que os suplementos nutricionais vão resolver tudo e desprezam os alimentos saudávies e que têm pouco valor terapêutico.”

Dr. Solmaz Amirnazmi, também concorda: “Nós, como médicos não recebem treinamento adequado em nutrição, escolhas de vida saudáveis e prevenção de doenças em geral, enquanto na escola de medicina ou em residência.”

Dr. Ray D. Strand, autor de “Morte por Prescrição”, pontua a falta de educação sobre nutrição quando ele relatou: “Na escola de medicina eu não tinha recebido qualquer instrução significativa sobre o assunto eu não estava sozinho. Apenas cerca de seis por cento. dos médicos graduados nos Estados Unidos têm algum treinamento em nutrição”.

Dr. Strand disse: “Os médicos são mais ensinados apenas sobre o poder de medicamentos e cirurgia como tratamento para doenças; do que causa os problemas e vemos que a nutrição responde 100% sobre a qualidade da saúde das pessoas”.

O papel da indústria farmacêutica

A maior fonte de financiamento das escolas médicas vem de empresas farmacêuticas e os currículos de escolas médicas são estabelecidas em conjunto com a pela Associação Médica. É alguma surpresa que os médicos são ensinados a tratar pacientes principalmente com medicamentos e cirurgias?

O poder de nutrição adequada, e a incapacidade dos médicos para dar aconselhamento nutricional de informar certamente os pacientes; condena milhões aos túmulos devido a doenças que poderiam ter sido evitados ou curados. É uma tragédia nacional de saúde que implora para ser corrigido.

“Uma boa alimentação vai evitar 95% de todas as doenças”; de acordo com Dr. Linus Pauling, duas vezes ganhador do Prêmio Nobel

16º Congresso Mundial de Ciência de Alimentos e Tecnologia – 1a. no Brasil

A ser realizado no Brasil em Foz do Iguaçu no dia 09 de agosto de 2012; o evento é palco de uma polêmica envolvendo a organização do congresso e a diretoria da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Segundo a presidente da sociedade, Jane Menegaldo, os organizadores do congresso cancelaram uma mesa sobre a propaganda e obesidade infantil “porque causaria inconvenientes com potenciais patrocinadores do evento” -justificativa dada em uma carta da organização direcionada à presidente da entidade.

“Tínhamos proposto quatro mesas e as outras três foram aceitas. Mas essa era a mais importante, íamos colocar o Conar, a Anvisa e a Abia (associação de indústrias de alimentos) para debater”, diz Menegaldo, que é engenheira de alimentos.

O engenheiro de alimentos Luiz Eduardo de Carvalho, que seria coordenador da mesa, defende que o debate é fundamental. “Uma sociedade científica de ‘alimentos’ precisa observar, pensar e promover debates sobre isso para oferecer subsídios técnicos para o aperfeiçoamento dos atos regulatórios”, diz.

Nota-se que os interesses financeiros falam mais alto do que a preocupação com a saúde da população como um todo.

Não vale proibir refrigerante e colocar a garrafa na mesa

A mediação dos pais na dieta infantil pode ser a solução ou o complicador. “Muitas crianças escolhem o que comer e os pais dão. Tem que dizer não; dar o exemplo é básico”., diz o endocrinologista Luis Eduardo Calliari.

A nutricionista Cláudia Lobo defende a persuasão em vez da proibição. “Se a criança for convencida da importância da alimentação saudável vai até se policiar.”

Uma criança que chega à adolescência obesa tem 80% de risco de virar um adulto obeso. Mesmo o sobrepeso já pode ser um alerta para o consumo excessivo de gordura e açúcar -que não só engorda como pode causar diabetes e doenças do coração.

“Porque deixar drogas químicas nos vasos sanguíneos se você pode cura-lo com a comida.” – Hipócrates, “o pai da medicina – Grécia: 460 a 359 Antes de Cristo.

Fontes
Estados Unidos da America:
http://www.nytimes.com/2010/09/16/health/16chen.html
http://www.kevinmd.com
http://www.womentowomen.com
http://howtoeliminatepain.com
http://www.naturalnews.com/036702_doctors_nutrition_fatalities.html # ixzz22rCkJHqn

Brasil – Jornal Folha de São Paulo
Escalada da obesidade infantil esquenta debate sobre publicidade para crianças
http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1132611-escalada-da-obesidade-infantil-esquenta-debate-sobre-publicidade-para-criancas.shtml
Tecnologia Verde

A Tecnologia UV-C é uma importante arma para o combate e prevenção contra os micro-organismos em ambientes fechados e principalmente contra bioterrorismo recomendado fortemente pela FEMA (Federal Emergency Management Agency), CDC (Centers for Disease Control and Prevention), ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineers) e IUVA (International Ultraviolet Association)

Tecnologia UV-C é ecologicamente correta e sustentável sem uso de produtos químicos e tóxicos. Maiores informações no site:

Anúncios
Esse post foi publicado em acidez, alcalina, ambientes fechados, água, água alcalina, câncer, cloro, cloto, desinfecção, doenças, esterilização, flúor, hiper-bactérias, hiperbacterias, Infecções hospitalares, pH, pneumonia, Profissionais da Saúde, sangue, super-bactérias, superbactérias, TB, tecnologia, Tecnologia Verde, tuberculose, ultravioleta, Uncategorized, UV-C, UVGI e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s